Barbarismo (Eu me derreto em Plastico)

by Plastico Tangerina

/
  • Streaming + Download



    Faça o download como quiser. Download as you want.
    Prepare-se, você não ouvirá algo comum aos ouvidos!
    Mande recados e comentarios via facebook.com/plasticotangerina
    OBRIGADO!

     

1.
02:04
2.
3.
4.
02:34
5.
03:20
6.
7.
04:41
8.
03:57
9.
03:38
10.
11.

about

CSR003 - Barbarismo (Eu me derreto em Plástico), de Plástico Tangerina

Esta é uma das possibilidades propositivas do projeto Plástico Tangerina.
Além das apresentações audiovisuais, o arquiteto Vítor Locilento (como é conhecido) busca ampliar o universo da música experimental digital e orgânica, mesmo que isso aparente destoante, por meio de letras que tratam questões contemporâneas.
Gravado com loops recombinados e por meio de certo improviso momentâneo, as músicas possuem poucos ou nenhum, retoque ou regravação para "melhorar". Tratam-se de versões cruas e ásperas, como é a proposta estética do artista e arquiteto.
Esta é, apenas, uma das possibilidades propositivas do projeto Plástico Tangerina.

Este álbum é o terceiro lançamento do selo Caesar Símia Records. A cópia física pode ser adquirida, entre em contato por email, por ser artesanal, com texturas de papel e transparência, deve ser consultada disponibilidade e preço.

Plástico Tangerina parte de um manifesto escrito por Vítor Locilento, iniciado em 2004, ainda inacabado que segue abaixo para apreciação do momento:

(Manifesto Plástico Tangerina)

Músculos sintéticos lycra
Textura imagem som
Fora de uma mente laica
Feto de novo mentor

Sexo amor silicone
Látex prazer sem prole
Pixel sem respiração
Vida por computador

Eletro-eletrônicos beijos
Poesias cartas de amor
Fetiche de toque quente
Isqueiro lmpada acesa

Gasolina high technology
Magnésio câmbio volante
Aspirina pra prevenir dor
Acelera nitro adrenalina

Vida moderna TV
Música moderna se vê
Plasma forma imagem
Mente ouve som

Comida pílula pó
Bebida alcoólica free
Chicletes com tinta neon

Eu me derreto em plástico...

credits

released August 27, 2013

Agradeço a todos que de alguma forma colaboraram para tudo isso acontecer. Minha família, Barbara, Aos Maníacos Símeis, Nomads.usp, e amigos em geral que sempre apoiaram minhas coisas. OBRIGADO!

tags

license

about

Plastico Tangerina São Carlos, Brazil

contact / help

Contact Plastico Tangerina

Streaming and
Download help

Redeem code

Track Name: Cher
você canta baixinho
não incomoda o vizinho
sua guerra acabou
você fala de amor
e eu não creio
que seja isso

caiu na rede
caiu na rede
divulgar

óculos de grau não enxerga bactéria
roupa vem rasgada sintetiza a matéria
miséria, miséria, miséria
noticia

caiu na rede
caiu na rede
divulgar

você canta baixinho
não incomoda o vizinho
sua guerra acabou
você fala de amor
e eu não creio
que seja isso
caiu na rede
caiu na rede
divulgar

eu não creio em você
eu não creio em você
eu não creio
eu não creio
eu não creio em você

caiu na rede
caiu na rede
divulgar
Track Name: Eu me derreto em plástico
Me derreto em plastico
Embalado na panela
Campo alterado de visão
Aumenta precisão diminui o olhar
Marcha alegre segue rumo
A qualquer hora de erguer
As mãos pro alto sentido marcha lenta
Nada nada nada nada nada não foi nada não
Sem grito de dor
Sem febre, rancor
Quem explora
De exploração, exportação na comunhão dos bens
Que nada entendeu daquele ontem
Convém convém convém convém
Conveniência conivente
Todos contente
Nada nada nada nada nada não foi nada não
Track Name: Processado pelo Sistema
Processado
pela mente
pelo todo
fui processado
o que eu falei
foi processado
processado

Alterado
pelo mente
pelo todo
fui alterado
o que eu falei
foi alterado
alterado

Recodificado
pela mente
pelo todo
fui recodificado
o que eu falei
foi recodificado
recodificado

Naturalizado
pela mente
pelo todo
fui naturalizado
o que eu falei
foi naturalizado
naturalizado

Renderizado
pela mente
pelo todo
fui renderizado
o que eu falei
foi renderizado
renderizado

Lalalalalalalalalalalalalalalalaalalalallalalaalalalalala
Track Name: Barbarismo
Baseia-se na leitura do pensamento de Barbara.
Track Name: Na pele
Nao quer dizer que ta tudo errado
Não quer dizer que ta tudo errado
Não quer dizer que faltou compromisso
Nada errado
Nada é errado

Na pele
Frio gelado calafrio
Sozinho brinco
Sozinho vivo
Sozinho faço
Ficar tudo igual

Não interessa se
O que importa é aqui
Apenas um
Mais um
1+1
Igual a um

Diferença entre pele pêlo
Toque tela cheiro
Não interessa se
O que importa é aqui
Track Name: Barbarismo + 1
Barbaridade
Barbarie
Barbarizar

Barba colada na cara

Barbaro
Barbara

Barbarismo
Barbaríssimo
Barbarérrimo

Barbara
Track Name: Do umbigo
aqui eu falo o que eu querer, eu prego doutrinas, eu derrubo governo, eu acho que acho, eu não encontro nada, eu mudo o mundo, eu mando notícias, eu vejo outro lado, eu crio mentiras, eu viajo sentado, eu socializo sozinho, eu como errado, eu simulo a vida, eu morro plugado, eu jogo baralho, eu falo o que falo, eu leio o que quero, eu quero ter, eu monto partido, eu pinto o muro, eu mudo a cada, eu danço sozinho, eu fico apertado, eu viro político, eu viro ladrão, eu crio coragem, eu grito aos ares, eu posso o que quero, eu vejo sinais, eu sinto remorso, eu tenho vontade, eu sano com sangue, eu tiro os dentes, eu perco acordado, eu chuto à vontade, eu tenho um forte, eu venço o fraco, eu sou o fraco, eu corro da morte, eu monto um jogo, eu desço seus dados, eu puxo o saco, eu subo inventado, eu copio estilo, eu planto, eu canto, eu sei que não sou, eu finjo que sim, eu saio, eu curto, eu estou ao seu lado, eu vejo a foto, eu assisto um vídeo, eu resolvo meu problema, eu nutro meu vício, eu rezo, eu prezo, eu sou precipício, eu não preciso cuidado, eu desconheço o risco, eu fujo cagado, eu desligo, eu resolvo, eu volto montado, eu visto a máscara, eu sei que sou isso, eu acho o que acho, eu volto ao ciclo, eu troco de carro, eu voto secreto, eu faço piada, eu sou engraçado, eu tenho meu dia, eu controlo resultado, eu fecho o trinco, eu populo espaço, eu ocupo a linha, eu cato, eu cavo buraco, eu digo, eu crio perigo, eu sou no meio, eu viro líder, eu mato, eu regaço, eu mando recado, eu crio lixo, eu não sei o resultado, eu sei que você, eu disse ao contrario, eu posso fumar, eu posso beber, eu posso acreditar, eu mudo voto, eu sou devoto, eu creio em mim, eu boto, eu toco, eu passo correndo, eu ponho, eu bato, eu tenho, eu tenho, eu sou um pedaço, eu sou o mendigo do lado, eu não sou isolado.
Track Name: Cala Povo
União forca coração
bate rápido
força, hereditário
hereges do mundo pagão

ditado dito falado bonito
coração recompensado
cala povo
comida diversão

violência politica feroz
violentado pelo estado brasileiro
Track Name: [Bonus-Track] Headbanger ("subversão" de Gabriel Garbulho)
[Bonus-Track] Headbanger
(letra: Gabriel Garbulho: https://soundcloud.com/nenenetz)

eu não sabia o que dizer no seu ouvido
eu não queria fazer você parar
dançando rock como se isso fizesse sentido eu desisti porque a pista é o seu lugar
é difícil aceitar alguém feliz com o mundo em harmonia
no terror se faz muito mais,
sensata a alegria que chorar pelo próprio prazer

headbanger, desiludido eu sou desde que pararam de dançar o rock n' roll

eu não sabia o que dizer no seu ouvido
eu não queria fazer você parar
dançando rock como se isso fizesse sentido eu desisti porque a pista é o seu lugar
é difícil aceitar alguém feliz com o mundo em harmonia
no terror se faz muito mais, sensata a alegria que chorar pelo próprio prazer

headbanger, desiludido eu sou desde que pararam de dançar o rock n' roll

eu vou bater e gritar ate a fome acabar
eu vou bater e gritar ate o dia raiar
eu vou
Track Name: [Bonus-Track] Tombo, bolada na cara ou choque elétrico
[doeu?]
Não foi nada, não!